Carlos Eduardo Novaes

Vida de (bom) goleiro

A

o contrário do que acon- tece com o atacante Washington, a chegada do goleiro Jefferson em casa depoisdos jogosé umafesta. Já ao despontar na rua, a me- ninadasai correndoatrásdo seucarro, saudando-o,pedin- do para que conte sobre as mi- rabolantes defesas que aca- bou derealizar esolicitando autóg rafos. –Jánão lhedeiautógrafos depoisdo jogocontra oAtlé- tico Mineiro e contra o Atlético de Goiás? – Esse é para meu primo que mora em Campina Grande. – Você tem quedar um au- tógrafo paracada defesaque faz – disse outro menino – Vou ficar com a mão doen- do...–brincou o goleiro – Sem essa! É tanta bola para defenderque suasmãosjá vêm doendo do estádio! Dentro de casa, Jefferson re- cebe da família um tratamento de herói.A mulherprepa- rou-lhe um pudim de leite, seu doce preferido. A mãe exalta-o com lágrimas nos olhos. – Tenhoo maiororgulho de você, filho. Mais uma vez você salvou o Botafogo! Jefferson é modesto. – Os zagueiros me ajudaram, mãe... – Se tivessem ajudado, você não teria aparecido tanto no jogo, filho... Jefferson não sabe lidar com elogios. – Agente faz oque pode, mãe. Mas eu levei dois gols! – Não teve culpa – acrescentou a mulher – a falha do Guerreiro deixou você vendido, e no outro aquele escurinho acertou um chute que não vai repetir pelo resto da vida... Jefferson soltou um muxoxo: – Não há nada pior para um goleiro do que apanhar a bola nofundo dasredesenquanto os adversários comemoram. A mãe olhou-o no fundo dos olhos. –Você temtrabalhadode- mais,filho. Estámuitoabati- do. Acho que devia pedir um aumento de salário. Não fosse você,e oBotafogo talvezesti- vesse na zona de rebaixamen- to! – Exagero, mãe! Não jogo so- zinho. O grupo é dedicado e va- loroso... – Senão vaipedir aumento, então ao menos fale com o trei- nadorpara mudaroesquema de jogo. Toda hora a bola está rondando suaárea. Vocênem tem tempo para respirar. Pede a ele um esquema em que a bola não vá e volte. Um esque- ma emque a bolafique mais tempo nocampo doadversá- rio. – Não vou falar com ele, mãe. Ele sabe o que faz. – Entãoeu falo.Me dáo nu- mero do celular dele... - Não adianta, mãe. Ele só sa- be armar otime dessa manei- ra! Sevocê falar, elevai dizer que já foi campeão carioca se- te vezes jogando assim...Vai di- zer queem time queestá ga- nhando não se mexe... – Mas ele não está ganhando. Só está empatando. –- Então ele vai dizer que em time que está empatando não se mexe. (Não se mexe na tática, bem entendido,porque naescala- ção o time mais parece um ovo mexido).

CPDocJB

BOA FASE –

Jef ferson tem sido convocado para a Seleção Brasileira