Derrotado, Tasso diz que campanha concorrente foi "massacre"

 

O candidato do PSDB derrotado na corrida ao Senado pelo Ceará, Tasso Jereissati, reuniu a imprensa em seu escritório para comentar o resultado deste domingo (3). Com aparência de cansado, o senador explicou que essa "virada no jogo", deveu-se ao "volume de poder e de recursos". "É uma coisa massacrante o que aconteceu nessas eleições", disse Tasso.

Cid não comentou sua relação com o governador Cid Gomes, com quem já foi aliada num passado muito recente. "Isso é outra questão", falou Tasso. Durante a campanha, o senador se lamentou de "antigas alianças que se desfizeram por conta de um projeto de poder. O importante na política não é somente que você ganhe todas as eleições, é que você mantenha a sua coerência".

Tasso também criticou o que chamou de "um grupo só" - a família Ferreira Gomes - líder de um governo do qual afirma "não acreditar mais". "É o que se chamava antigamente de oligarquia", concluiu Tasso.

Mais comentado

O senador tucano Tasso Jereissati pode até ter perdido a reeleição, mas continua em alta na política. No microblog Twitter, ele está em segundo lugar entre os assuntos mais comentados do País, nesta segunda-feira (4). Há comentários lamentando a derrota dele e fazendo piadas a respeito.