Marina critica comportamento de Serra junto à imprensa

Candidata do PV se mostrou mais firme em suas intervenções durante o debate

    RIO - Após o debate da Rede Record, a presidenciável Marina Silva (PV) disse que não se incomodou com a postura adotada pelo jornal O Estado de S. Paulo, que neste domingo declarou apoio à candidatura de José Serra, e aproveitou para criticar o comportamento do tucano junto à imprensa. Para Marina, a atitude do Estadão ou de qualquer outro veículo de imprensa que venha a fazer o mesmo, não prejudica sua candidatura desde que seja feita uma cobertura isenta do processo eleitoral e "de que se tenha uma relação respeitosa com a imprensa porque, muitas vezes, não se faz a crítica aberta, mas nos bastidores existem aqueles que ameaçam, tratam de forma deselegante, que ficam ligando para as redações, pedindo cabeça de jornalistas".

A senadora disse ainda que a defesa da liberdade de imprensa não pode ser apenas um discurso de conveniência. "Existe aquele que não gosta que se faça perguntas que ele considera que lhe são desfavoráveis". Questionada se estava se referindo a Serra, Marina disse: "isso são vocês que, às vezes, reclamam". Os jornalistas insistiram: "Você está falando do Serra?". Marina responde: "do Serra".

Durante o debate, como parte de sua estratégia para alcançar o segundo turno, a candidata do PV aproveitou todas as oportunidades que teve para fazer perguntas para Dilma Rousseff (PT), adotando um tom firme em suas colocações.

"O Brasil está preparado para ir para o segundo turno e se tem uma Rousseff que pode ir para o segundo turno, tem também uma Silva e que seja dada a oportunidade para a Silva apresentar com tempo igual suas propostas".