Marina se diz convicta de sua participação no segundo turno

A candidata à presidência da República Marina Silva (PV) disse que está "convicta" de sua participação no segundo turno nas Eleições 2010. A declaração da candidata ocorreu em ato de campanha do PV em Cuiabá, realizado na manhã desta quinta-feira (23). Ao avaliar o seu crescimento eleitoral conforme pesquisa DataFolha, divulgada na noite de quarta-feira, ela disse que seu desempenho é ainda melhor do que o revelado nos estudos.

"Eu estou fazendo campanha de debate de propostas e é por isso que estou crescendo. Estou dizendo que o que está nas ruas é muito maior do que mostram as pesquisas. Posso falar sem medo do crescimento na campanha e não vamos nos deixar levar pela política do vale tudo", disse em entrevista coletiva concedida na Praça da República, no centro de Cuiabá. A presidenciável voltou a assegurar que "a onda verde está crescendo". Marina também destacou em sua campanha os setores da educação e do meio ambiente. A candidata prometeu que em sendo eleita, irá promover o incremento no Orçamento Geral da União (OGU) dos recursos destinados ao setor. Segundo ela, a meta é aumentar os investimentos na educação em até 7% do PIB. Ela lembrou que hoje são aplicados 5% do PIB na área da educação.

Ela também comentou o quadro crítico de queimadas no Estado. Reforçou as propostas para o setor ambiental e criticou ministérios do governo federal que não teriam colaborado com programa implementado por ela no período em que comandou o Ministério do Meio Ambiente. Ao lembrar o programa Amazônia Sustentável, lançado por ela no ministério, Marina disse que faltou no período envolvimento dos ministérios da Agricultura e das Minas e Energia. Segundo ela "a outra parte não ajudou a dar andamento ao programa".

"Nós precisamos cuidar do meio ambiente e associar as necessidades para ter uma agroindústria próspera, com agregação de valores, novas tecnologias e assim melhorar a qualidade de vida das pessoas", disse. Ela destacou ainda que acredita na evolução das novas ideias, por meio das discussões ampliadas com a sociedade.

A candidata chegou em Cuiabá por volta das 9h, no aeroporto Marechal Rondon, em Várzea Grande, cidade vizinha a capital. Marina foi recepcionada pelo presidente regional do PV, Roberto Stopa e por líderes da legenda no Estado. Antes da coletiva, ela participou da inauguração da Casa de Marina, um comitê voluntário da candidata instalado no município.

A presidenciável também gravou programas eleitorais com candidatos da coligação Mato Grosso Melhor Pra Você, que é liderada no Estado pelo candidato ao governo, empresário Mauro Mendes (PSB). Ele também se reuniu com ela nesta manhã. Marina participou ainda de uma caminhada pelas ruas centrais da cidade. A visita será encerrada nesta tarde. Na última pesquisa Datafolha, a candidata à presidência Dilma Rousseff (PT) aparece com 49%, o tucano José Serra com 28% e Marina Silva com 13%.