Candidato do Psol quer desapropriar hospitais e farmácias

Portal Terra

S O PAULO - O candidato à presidência da República pelo Psol, Plínio de Arruda Sampaio, afirmou que pretende desapropriar hospitais para prover saúde pública com controle social para todos.

"É simplesmente desapropriando os hospitais e as farmácias e transformando todos os médicos em funcionários públicos. É como funciona na Inglaterra", disse o socialista, antes de participar de ato em frente ao Hospital de Transplantes do governo de São Paulo, localizado na Avenida Brigadeiro Luiz Antônio.