GOL lidera demanda no mercado doméstico

A Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) informou ontem (17), em relatório, que as companhias de aviação Gol e a TAM registraram em setembro participação de 38,87% e 38,22%, respectivamente, nos voos do mercado doméstico brasileiro.

De acordo com o levantamento, a demanda por voos domésticos apresentou crescimento anual de 9,06%, enquanto que durante o acumulado dos nove meses de 2011 esse volume foi 18,52% superior em relação ao mesmo período do ano passado.

Já ao que se refere aos voos para o exterior, a TAM ficou em primeiro lugar ao alcançar 88,55% do market-share de voos internacionais ofertados no Brasil, enquanto que a Gol registrou participação de 10% no mesmo mercado em setembro.

Por sua vez, o presidente do Sindicato Nacional dos Aeroportuários (Sina), Francisco Lemos, anunciou ontem que os funcionários da Infraero aprovaram uma greve de 48 horas em reação ao modelo de privatização adotado pelo governo aos aeroportos, do qual prevê a priorização dos investimentos voltados para as áreas comerciais dos estabelecimentos em detrimento da continuidade de baixos investimentos na área de infraestrutura dos aeroportos.  Segundo o sindicato, os aeroportos afetados pela paralisação serão o de Guarulhos, Campinas e Brasília.

“Acreditamos que as informações a respeito do aumento da movimentação dos passageiros nos voos domésticos e manutenção do market-share das companhias aéreas seja neutro para os papéis do setor, avaliando com um leve viés negativo os papéis da Gol, que segundo a companhia registrou uma queda de 5,3% na receita unitária por passageiro transportado em setembro”, avaliou a equipe econômica da Um Investimentos em relatório.

“Além disso, acreditamos que a notícia referente à greve programada nos aeroportos seja marginalmente negativa para as companhias do setor, devendo pressionar as cotações das ações do setor aéreo no curto prazo”, acrescentou a corretora.