Inflação semanal desacelera para 0,58% na terceira prévia de setembro

O Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) de 22 de setembro de 2011 apresentou variação de 0,58%, 0,11 ponto percentual abaixo da taxa registrada na última divulgação, segundo informações divulgadas hoje pela Fundação Getulio Vargas (FGV).

Na apuração, duas das sete classes de despesa componentes do índice apresentaram decréscimo em suas taxas de variação: Alimentação (1,39% para 0,90%) e Educação, Leitura e Recreação (0,23% para 0,15%). Na primeira classe de despesa, vale mencionar o comportamento do item frutas (10,53% para 6,71%) e, na segunda, destaca-se o item salas de espetáculo (0,86% para 0,34%).

>> FGV: alimentos ajudaram a segurar inflação

Em contrapartida, registraram acréscimo em suas taxas de variação os grupos: Habitação (0,43% para 0,52%), Vestuário (1,14% para 1,25%), Despesas Diversas (0,04% para 0,15%), Saúde e Cuidados Pessoais (0,54% para 0,58%) e Transportes (0,17% para 0,18%). 

As principais influências para estes movimentos partiram dos itens: taxa de água e esgoto residencial (0,93% para 1,47%), calçados (0,84% para 1,06%), alimento para animais domésticos (-1,77% para 0,01%), salão de beleza (0,64% para 1,11%) e álcool combustível (1,47% para 2,01%), respectivamente.