Inflação em São Paulo recua para 0,35% em março

SÃO PAULO - O Índice de Preços ao Consumidor (IPC) medido pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe/USP) desacelerou para 0,35% no mês de março, frente variação de 0,60% no mês anterior. Os gastos com Despesas Pessoais puxaram o índice para baixo, apresentando variação negativa significativa.

Em março, o IPC apresentou inflação de 0,44% na primeira medição, caindo para 0,36% na segunda parcial. Na prévia da terceira quadrissemana, o índice avançou, para 0,37%.

O grupo Despesas Pessoais teve grande contribuição para a baixa do índice, apresentando considerável variação negativa (de 1,24% para 0,20%). Os grupos que registraram queda nos custos foram Habitação (de 0,72% para 0,27%), Transporte (de 1,16% para 1,04%), Saúde (de 0,72% para 0,60%) e Educação (de 0,32% para 0,13%).

Os demais grupos apresentaram alta nos preços, como Alimentos (de -0,17% para 0,09%) e Vestuário (de -0,03% para 0,02%).

O IPC mede a variação dos preços de produtos e serviços usualmente consumidos no município de São Paulo por famílias com renda mensal até 20 salários mínimos.