Volkswagen comemora 500 mil unidades produzidas do Golf no Paraná

SÃO PAULO - A Volkswagen do Brasil comemorou o marco de 500 mil Golf produzidos na fábrica de São José dos Pinhais (PR), uma das mais modernas do mundo. Lançado no Brasil em 1994, quando começou a ser importado do México na versão esportiva GTI duas portas, o hatch passou a ser produzido no Brasil em 1999, ano de inauguração da quarta unidade da empresa no país.

Equipado com motores 1.6 e 2.0 Total Flex, o Golf consegue arrebatar admiradores por suas inúmeras qualidades. O hatch oferece um excelente conjunto mecânico que tem um casamento perfeito entre motor e câmbio; elevado conteúdo de itens de série; baixo nível de ruído interno; muita segurança (freio a disco nas quatro rodas em todas as versões, ABS e air bag duplo de série nas versões top de linha); custo de manutenção reduzido; alta robustez; ótimo acabamento interno; baixo consumo de combustível e bom valor de revenda. Também é elogiado pelas excelentes dirigibilidade e estabilidade, confiabilidade, durabilidade e qualidade de construção.

Nos 12 anos de produção nacional, o Golf teve algumas versões memoráveis. Além da GTI, de 193 cavalos, a Volkswagen lançou, em abril de 2003, a exclusivíssima GTI VR6, equipada com motor de seis cilindros e 24 válvulas, que desenvolvia 200 cavalos de potência. Esta edição foi limitada a apenas 99 unidades produzidas.

Atualmente o modelo possui seis versões de acabamento, com transmissões manual ou automática Tiptronic de seis velocidades. No fim de 2010, foi lançada a série limitada Golf Limited Edition para a motorização 1.6 Total Flex. Baseada na versão Sportline 1.6, oferece um conteúdo atraente de equipamentos de conforto e estilo com ótima relação custo-benefício. A série será produzida até o fim do primeiro semestre de 2011.