Mantega diz que governo espera acomodação do câmbio

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, afirmou nesta quarta-feira que, por enquanto, não vê necessidade de novas medidas na área cambial. Segundo ele, o governo continuará avaliando e observando o mercado.

"Não vejo necessidade de novas medidas neste momento. Mas a qualquer momento (mais ações podem ser adotadas), sabe como é que é. Também não é bom ficar mexendo toda a hora no câmbio. Vamos deixá-lo se acomodar", disse o ministro antes de deixar o Ministério da Fazenda e seguir para o Palácio do Planalto, onde terá uma reunião com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Sobre a queda do dólar registrada nesta manhã, o ministro considera a mudança insignificante. Na avaliação dele, a moeda americana vem se mantendo em um patamar razoável. Mantega lembrou que o problema agora vem ocorrendo em função da crise na Irlanda e consequentemente na zona do euro.

"De qualquer forma, mostra que as medidas que nós tomamos se mostraram eficazes e o real é uma das moedas que menos têm se valorizado ante o dólar. Portanto, está dando certo", afirmou Mantega.