Spinelli lança ferramenta de cálculo de IR

A Spinelli Corretora lança um serviço exclusivo de cálculo de Imposto de Renda (IR) mensal sobre as operações de seus clientes. A apresentação será durante a 8ª edição da ExpoMoney, que ocorrerá entre os dias 23 e 25 de setembro, no Centro de Convenções Transamérica, na zona Sul da capital paulista.

Com a iniciativa, a Spinelli busca facilitar a rotina de seus investidores, calculando a porcentagem que deve ser paga à Receita Federal de acordo com os lucros de seus ativos. Todo o mês subseqüente à venda dos títulos, período em que deve ser recolhida a porcentagem destinada ao fisco, a Spinelli disponibilizará um relatório com todas as operações realizadas, os resultados das transações e, se for o caso, o DARF já somado.

"Hoje, a maioria das corretoras oferece um sistema em que o cliente calcula sozinho o quanto deve pagar de imposto", explica Rodrigo Puga, responsável pela área de Home Broker da corretora. "Em vez de calcularem seu IR, os nossos 16 mil clientes já terão isso pronto, à mão", completa.

De acordo com Puga, a medida oferece maior comodidade aos clientes, além de evitar problemas ligados ao recolhimento de tributos sobre ações, em sua opinião cada vez mais freqüentes. "Muitos investidores têm dúvidas de como fazer corretamente estes cálculos. Mas, a partir de agora, com a Spinelli, o único trabalho será o de conferir suas aplicações", diz o especialista.

Até o final de outubro, o serviço estará disponível para todos os clientes da corretora.

Para realizar este trabalho, a Spinelli firmou uma parceria com a Arbor, que presta consultoria e assessoria contábil e tributária a pessoas físicas e jurídicas que investem em Bolsa de Valores. Segundo a gestora da empresa, Meire Poza, as informações necessárias para apurar as operações do cliente ficarão a cargo da Arbor.

"Mensalmente, calcularemos os resultados e os respectivos impostos das operações realizadas", informa Meire. Entre seus serviços, a gestora destaca a implantação de custo das carteiras transferidas e o acompanhamento e verificação das transações e dos proventos.

(Redação - Agência IN)