Montadoras reduzem preço de carro zero para eliminar estoques

Portal Terra

S O PAULO - Mesmo com o fim da redução do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI), medida adotada em 2009 para acelerar a indústria automotiva, as montadoras seguem reduzindo o preço final de seus veículos novos para o consumidor final. Em busca de esvaziarem seus estoques ainda que a demanda tenha se enfraquecido, as companhias têm realizado cortes de preços, segundo publicou O Estado de S. Paulo nesta quarta-feira.

Apesar do preço dos veículos ter subido 2,93% e o incentivo fiscal ter sido retirado, o preço de diversos veículos 0km - dos mais simples aos mais sofisticados - segue no mesmo nível ou até menor, para compensar uma demanda mais fraca em 2010. O estoque das montadoras está em 340 mil veículos, suficiente para 38 dias de venda, enquanto o usual é de 25 dias de venda, sendo que este desconfortável aumento foi criado por um excesso de produção quando o mercado já estava se enfraquecendo. De acordo com O Estado de S. Paulo, a variação negativa no preço pode chegar a até 4,7%.