Lucro da Huaneng Power cresce apenas 1,48%

SÃO PAULO, 28 de março de 2008 - A Huaneng Power International, maior produtora de eletricidade da China, registrou aumento de apenas 1,48% no lucro líquido em 2007, em termos anuais, já que a companhia manteve os preços da energia a um nível moderado, visando não repassar o crescimento das despesas com carvão para os consumidores.

Os ganhos da empresa chinesa subiram 2%, para 0,51 iuanes (US$ 0,07) por ação. A empresa pagará um dividendo de 0,30 iuanes por título. A quantia é maior em relação aos 0,28 iuanes pagos em 2006.

Apesar da forte demanda por eletricidade na China, as companhias energéticas do país enfretam o desafio de controlar os preços do carvão, que atingiram alta recorde neste ano, além da concorrência pela participação de mercado.

O governo chinês ordenou o congelamento dos preços da energia em janeiro, como parte das medidas para conter a inflação. "O governo tomou conhecimento da escassez de carvão e seus altos preços", disse Li Xiaopeng, presidente da Huaneng. "No entanto, é díficil determinar se teremos permissão das autoridades para repassar os custos extras com o carvão para os consumidores", concluiu.

A receita operacional da Huaneng Power cresceu 12% em 2007, em termos anuais, para 49,77 bilhões de iuanes, uma vez que a geração de energia aumentou 13,21%, para 173,7 bilhões de kWh. A meta da companhia para 2008 é produzir 200,8 bilhões de kWh.

De acordo com Zhou Hui, chefe de contabilidade da empresa, para aumentar a capacidade de produção será necessário um investimento de 34,1 bilhões de iuanes ao longo deste ano, 19,8 bilhões de iuanes em 2009 e 8,9 bilhões de iuanes em 2010.

(Redação - InvestNews)