China eleva o preço mínimo do arroz e trigo

SÃO PAULO, 28 de março de 2008 - O governo da China elevou o preço mínimo a ser pago aos agricultores pelo arroz e trigo, em uma tentativa para incentivar a produção e atenuar a escassez do produto no mercado, considerado o fator responsável pelo aumento da inflação.

Essa foi a segunda vez em 2008 que o governo chinês aumentou o preço mínimo pago pelos grãos. O anúncio realizado hoje pela agência de planejamento econômico do país dispõe uma série de medidas com o objetivo de desacelerar a inflação, que avançou para 8,7% em fevereiro.

Anteriormente, as autoridades chinesas congelaram os preços dos grãos, do óleo de cozinha e de outras mercadorias básicas, em um esforço para reduzir a inflação. No entanto, os analistas alertaram que manter os preços em um nível muito baixo poderia desencorajar os agricultores a elevarem a produção.

(Redação - Investnews)