Renegociação da dívida é avanço, diz ministro

SÃO PAULO, 27 de março de 2008 - A proposta de renegociação da dívida rural apresentada ontem (26) pelo governo federal "pode não atender a todos os produtores endividados, mas já é um avanço", na opinião do ministro da Agricultura, Reinhold Stephanes.

Após reunião com empresários americanos, ele afirmou que o projeto "talvez não resolva todas as questões que nós temos de endividamento, mas se ele conseguir atingir de 70% a 80% das questões, eu acho que já se deu um grande passo". O restante, acrescentou, "teria de ficar para uma nova etapa de discussões'.

Segundo Stephanes, a Comissão de Agricultura da Câmara dos Deputados e a do Senado já apresentaram as linhas gerais dos pontos que pretendem ver mudados. Na segunda-feira (31), acrescentou, deve-se chegar a um projeto, mas até lá a proposta deverá sofrer alterações.

'Ficou muito claro, por meio do ministro Guido Mantega, da Fazenda, que ele aceitaria, agora, sugestões para aperfeiçoar o projeto. Eu acho que ainda vamos ter algumas modificações', comentou Stephanes.

As informações são da Agência Brasil.

(Redação - InvestNews)