Lobão acredita que será possível desligar termelétrica

SÃO PAULO, 27 de março de 2008 - O ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, disse hoje estar confiante da possibilidade de desligar parte das usinas térmicas que foram acionadas desde o final do ano passado para compensar as perdas nos reservatórios das hidrelétricas. Lobão participa nesta manhã de reunião do Comitê de Monitoramento do Setor Elétrico (CMSE), que está discutindo o assunto.

"As grandes usinas, como a de Itaipu e a de Tucuruí, já estão vertendo (água). As chuvas foram generosas e São Pedro nos ajudou realmente", comemorou.

O ministro ressaltou que a possibilidade de operar sem as termelétricas será discutida "detidamente" e que nenhuma decisão será tomada "de sopetão". "Se houver a mínima faixa de risco, vamos mantê-las (as usinas térmicas)", afirmou.

As informações são da Agência Brasil.

(Vanessa Stecanella - InvestNews)