Comitê de Transação já tem sua primeira tarefa

SÃO PAULO, 26 de março de 2008 - O Comitê de Transação, criado pelos Conselhos de Administração da Bovespa Holding e da BM&F para dar andamento ao processo de integração das atividades, já tem sua primeira tarefa traçada: indicar, no prazo máximo de 60 dias, o presidente do Conselho de Administração e do diretor geral. Estes, elegerão o Conselho de Administração da Nova Bolsa.

Até que ocorra a indicação, a presidência do Conselho de Administração será ocupada pelos atuais presidentes do Conselho de Administração de cada companhia, como co-presidentes, sendo os dois executivos principais das mesmas companhias eleitos para os cargos de co-diretores gerais da Nova Bolsa.

Para manter a paridade entre as empresas, inclusive no Conselho de Administração, serão eleitos entre 11 e 15 membros, sendo este um número par. Gilberto Mifano, diretor geral e de relações com investidores da Bovespa Holding acredita que a integração total das atividades se tara num prazo entre dois e três anos.

´As atividades são complementares. Além disso, possuem dinâmica própria, ou seja, enquanto um mercado (de ações) se deprime, o outro (mercado de derivativos) pode se acelerar dependendo da situação econômica´, explica Mifano.

Outro ponto que diretor geral e de relações com investidores da Bovespa Holding destacou foi a localização. ´O Brasil possui enorme potencial de crescimento e isso é um diferencial. A região é pouco desenvolvida em termos de mercado de capitais e mercado financeiro´, ressalta Mifano.

(Vanessa Correia - InvestNews)