Ásia registra novos recordes à espera do Fed

SÃO PAULO, 29 de outubro de 2007 - As bolsas da Ásia fecharam com fortes altas nesta segunda-feira, com alguns dos principais índices da região registrando novos recordes, beneficiados pela expectativa dos investidores de que o Federal Reserve (Fed, banco central norte-americano) reduzirá a taxa básica de juros dos Estados Unidos nesta semana. Os avanços nos preços do petróleo impulsionaram também os negócios no setor de energia, enquanto a divulgação de bons resultados corporativos colaborou para as altas nos pregões.

Os analistas asiáticos estão confiantes de que o Fed reduzirá em 0,25 ponto o juro norte-americano, atualmente fixado em 4,75% ao ano. A possibilidade de corte colaborou para a compra de ações do setor financeiro na Ásia. As ações do Mitsubishi UFJ Financial cresceram 4,70% e as do Australia´s Macquarie Bank avançaram 2,88%.

A divulgação de bons dados corporativos também impulsionou as altas nos pregões. Em Tóquio, por exemplo, a Nissan Motor anunciou na última sexta-feira um avanço de 12,7% nos lucros do trimestre. Os papéis da montadora dispararam hoje mais de 14% e o índice Nikkei 225 fechou com alta de 1,16%, aos 16.698,08 pontos.

Em Seul, o indicador Kospi registrou um novo recorde após avançar 1,71%, para 2.062,92 pontos. Outro recorde também foi observado em Hong Kong. O índice referencial Hang Seng fechou o pregão com alta de 3,89%, aos 31.586,90 pontos, superando a barreira dos 31 mil pontos. Na China, a Bolsa de Xangai apresentou ganho de 2,83%, para 5.748,00 pontos.

(Marcel Salim - InvestNews)