Superávit em abril bate recorde de US$ 4,1 bi

SÃO PAULO, 8 de maio de 2007 - A balança comercial do agronegócio brasileiro bateu mais um recorde. As exportações do setor totalizaram em abril US$ 4,729 bilhões, crescimento de 37% em relação ao valor exportado no mesmo mês do ano passado. Como as importações alcançaram o valor de US$ 622 milhões, o superávit foi de US$ 4,107 bilhões, segundo dados divulgados pela Secretaria de Relações Internacionais (SRI), do Ministério da Agricultura. Tanto as exportações quanto o superávit comercial registraram recordes para meses de abril.

Os setores que mais contribuíram para o aumento das exportações foram complexo soja (39,2%), carnes (59,5%), complexo sucroalcooleiro (48%), sucos de frutas (175,5%), produtos florestais (14%) e o setor cereais, farinhas e preparações (176,8%).

Nos quatro primeiros meses deste ano, as exportações do agronegócio somaram US$ 16,515 bilhões, recorde histórico para períodos de janeiro a abril. Isso representa 24,7% acima do valor exportado no mesmo período do ano passado, de US$ 13,244 bilhões. O superávit acumulado este ano alcançou US$ 13,880 bilhões, com importações de US$ 2,635 bilhões. Os setores que mais contribuíram para o aumento das exportações foram carnes (38,6%), complexo sucroalcooleiro (41,9%), sucos de frutas (90,4%), complexo soja (11,3%) e café (29,5%).

As exportações do agronegócio totalizaram US$ 52,695 bilhões nos 12 meses correspondentes ao período de maio de 2006 a abril de 2007, significando um aumento de 18,2%, ante o período anterior, de US$ 44,592 bilhões. As importações foram 34,5% superiores aos doze meses anteriores, com gastos de US$ 7,357 bilhões. Como resultado, o superávit comercial acumulado nos últimos 12 meses foi de US$ 45,337 bilhões

(Redação - InvestNews)