Cheques sem fundo aumentam 19,7% em março, segundo Serasa

Portal Terra

SÃO PAULO - O índice de cheques devolvidos por falta de fundos no Brasil subiu 19,7% em março em relação a fevereiro. Segundo relatório da Serasa, na comparação com março do passado, houve queda de 4,9%.

Em março, foram compensados 132,1 milhões de cheques em todo o País, dos quais 3,04 milhões foram devolvidos duas vezes por falta de fundos. Com esses dados, o índice de inadimplência ficou em 23,1 cheques devolvidos a cada mil compensados.

Segundo a Serasa, o índice de cheques devolvidos a cada mil compensados recuou 4,2% no primeiro trimestre deste ano. O levantamento aponta que no acumulado de janeiro a março foram recusados 20,4 cheques a cada mil compensados.

No primeiro trimestre de 2007, foram compensados 395,1 milhões de cheques e devolvidos 8,05 milhões. No mesmo período de 2006, o volume de documentos compensados atingiu 447,9 milhões, com 9,53 milhões de devoluções por volta de fundos.

De acordo com os analistas da Serasa, o aumento do volume de cheques devolvidos por falta de fundos em março foi influenciado pelo maior número de dias úteis no mês e pelo pagamento de impostos, como IPVA e IPTU.