Jeep lança SUV Commander de 7 lugares

Modelo é considerado o mais sofisticado feito pela marca no país

Foto: divulgação
Credit...Foto: divulgação

A Jeep apresentou na quinta-feira (26) seu novo modelo à venda no Brasil, o Commander, que terá sete lugares e duas versões completas.

Segundo a marca, esse é o "maior e mais sofisticado" carro já produzido no Brasil pela Jeep.

Os quatro modelos - dois da versão Limited e dois da Overland - terão preços que variam entre R$ 199.990 e R$ 279.990 e já entram em pré-venda nesta quinta pelo hotsite https://commander.jeep.com.br/ e na rede de concessionárias Jeep. A reserva funciona com um sinal de R$ 5 mil e a previsão de entrega dos carros é a partir de outubro.

"O Commander nasce da percepção da necessidade de oferecer um novo modelo para um cliente que quer continuar crescendo na escolha de seu carro, seguindo na Jeep. Ele começa com o Renegade, se desenvolve passando pelo Compass e agora sobe mais um degrau, chegando ao Commander. Ele é o SUV que introduz o cliente em um patamar ainda mais premium da marca, então nossa família ficou mais completa", diz o diretor do Brand Jeep para a América Latina, Alexandre Aquino.

Segundo o comunicado, o espaço é "outro atributo do Commander", "afinal, sete lugares representam mais conforto, versatilidade e até amplo porta-malas, que, inclusive, é um dos maiores da categoria".

"O Renegade e o Compass são sucessos absolutos no mercado brasileiro: mais de 600 mil unidades foram vendidas destes dois modelos juntos, levando à liderança de mercado da Jeep, que tem se mantido sempre acima dos 20% de participação em SUVs. Queremos levar essa posição para mais um segmento que vem crescendo ano a ano, que é o de utilitários esportivos grandes", comenta o diretor de Operações Comerciais da Jeep para o Brasil, Everton Kurdejak.

Ainda conforme a Jeep, o novo modelo foi planejado para ser completo e terá as duas versões muito equipadas e "que já entregam os melhores conteúdos de série, como acontece com veículos do segmento premium".

"Com exceção da escolha das cores externas e internas, o cliente não precisa definir mais nada quando compra um Commander", ressalta a nota.(com agência Ansa)

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais