Fed vê crescimento pequeno, mas diz que otimismo é moderado pelo ressurgimento do vírus

.

Foto: AP Photo / Andrew Harnik
Credit...Foto: AP Photo / Andrew Harnik

A atividade econômica dos EUA aumentou modestamente nas últimas semanas e um número crescente de distritos do Sistema de Reserva Federal (Fed) viu a empregabilidade cair, detalhou em relatório o banco central americano.

Isto aconteceu devido ao aumento das infecções por coronavírus. Em seu relatório Livro Bege, divulgado na quarta-feira (13) e que reúne comentários de seus contatos com empresas de todo o país, as autoridades do Fed revelaram como a marca da pandemia variou por região e indústria, à medida que o aumento de infecções diminuiu o otimismo prometido pela chegada de vacinas eficazes, conforme publicou a agência Reuters.

"Embora as perspectivas para as vacinas contra a covid-19 tenham reforçado o otimismo dos negócios para o crescimento de 2021, isso foi moderado por preocupações sobre o recente ressurgimento do vírus e as implicações para as condições de negócios de curto prazo", disse o banco central americano no relatório.

Como a atividade manufatureira continuou a se recuperar em quase todos os distritos do Fed, os relatórios sobre os gastos do consumidor foram mistos.

A maioria dos distritos do Fed disse que o emprego aumentou, embora o ritmo seja lento. Mais preocupante é que "um número crescente de distritos relatou uma queda nos níveis de emprego" desde que o relatório anterior foi compilado em novembro do ano passado.

As autoridades do banco central americano reiteraram sua promessa de manter baixas as taxas de juros de curto prazo e continuar as compras de ativos até que a economia esteja em um caminho mais estável. A próxima reunião de política monetária da agência está marcada para 26 e 27 de janeiro. (com agência Sputnik Brasil)