Jornal do Brasil

Economia

Ibovespa opera em alta alinhada a Nova York e à espera de pesquisa eleitoral

Jornal do Brasil

O Índice Bovespa inicia os negócios desta quarta-feira, 26, em tom positivo, alinhada ao desempenho das bolsas de Nova York e à queda do dólar ante o real. O cenário eleitoral concentra as atenções, embora a quarta reserve a decisão de política monetária do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano) como um os destaques do dia. O foco está principalmente na pesquisa CNI/Ibope, cujos números serão divulgados às 14 horas e podem confirmar ou não os dados e tendências divulgados pelo mesmo instituto na última segunda-feira.

Pouco antes do fechamento deste texto, o candidato do PT a Presidência da República, Fernando Haddad, disse que aceitará o apoio de quem quiser se juntar ao seu plano de governo em um eventual segundo turno. "Segundo turno é momento de já pensar em aprovar propostas no Congresso. Aqueles que quiserem se somar ao nosso plano de governo, nós vamos dialogar, tendo como base o que foi defendido no primeiro turno", disse Haddad, em coletiva de imprensa pela manhã.

Às 10h43 Ibovespa tinha 79.170,22 pontos, em alta de 0,69. Em Nova York, os três principais índices de ações iniciam o dia indicando valorização das ações.

A alta do Ibovespa é sustentada principalmente pelas ações do setor financeiro, papéis de elevada liquidez e que em geral também refletem aumento ou redução da percepção de risco político. Pouco antes do fechamento deste texto, Itaú Unibanco PN tinha alta de 1,45% e Bradesco PN, de 1,12%.



Recomendadas para você