Setor inova e empresa vende até concreto pela Internet

A preocupação com mão de obra é justificável pelo ritmo de contratações do setor, ao longo de 2010. entre janeiro e setembro deste ano, a indústria da construção civil contratou 15,1% mais do que no mesmo período de 2009. além disso, a indústria de materiais funcionou com 91,1% de sua capacidade instalada em funcionamento, um recorde histórico.

Apesar da necessidade de investimento, a tendência é que o setor de construção continue crescendo em 2011 graças aos investimentos do governo em habitação.

– em 2011 a construção deverá crescer em ritmo menos acelerado do que em 2010 – disse o presidente do sinduscon-sp, sergio watanabe.

– ela será impulsionada pelos investimentos públicos e privados, como o pac 2 e o minha casa, minha vida 2, e também por obras relativas à copa do mundo de 2014 e às olimpíadas de 2016.

Inovação a necessidade de encontrar novos meios de se expandir no mercado fez com que a lafarge, líder mundial em materiais de construção, fizesse algo ainda impensável no brasil: vender concreto pela internet.

– estimamos que 40% dos nossos 10 mil clientes vão optar pela compra on-line, o que permite o aumento da eficiência – aponta antonio santos, gerente geral de marketing da empresa, que investiu r$ 2,8 milhões na implantação do sistema de vendas através da internet.