McCartney diz ida ao exército quase impediu a formação dos Beatles

Paul McCartney afirmou durante uma entrevista ao programa britânico Radio Times que os Beatles nunca teriam existido se a lei de servir o exército obrigatoriamente ainda estivesse em vigor na época da formação da banda. As informações são do site Gigwise.

O grupo foi formado em 1960, mesmo ano em que o serviço militar obrigatório foi abolido do Reino Unido. "Se tudo tivesse acontecido alguns anos antes, nós teríamos que estar no exército, e é muito improvável que os Beatles existissem depois disso. Nós não teríamos nos conhecido", declarou.

Paul também disse que ele, John Lennon, Ringo e George não aprovavam o impacto que a Segunda Guerra Mundial provocou em Liverpool.