Após mal-estar Danilo Gentili é recebido por israelita

Depois da repercussão negativa de um comentário postado no Twitter nesta semana, o humorista Danilo Gentili foi recebido na manhã deste sábado pelo presidente da Confederação Israelita do Brasil (Conib), Claudio Lottenberg, para uma conversa. De acordo com ele, Gentili se diz triste com todo o episódio.

No Twitter, Gentili havia aproveitado a discussão sobre a construção de uma estação de metrô em Higienópolis, bairro tradicional de São Paulo e conhecido por abrigar boa parte da comunidade judaica paulistana, para fazer piada. "Entendo os velhos de Higienópolis temerem o metrô. A última vez que chegaram perto de um vagão foram parar em Auschwitz", escreveu, se referindo ao campo de concentração onde judeus foram exterminados durante o Holocausto.

"Ele se mostrou triste com todo o episódio. Efetivamente o seu desejo e o desejo de um humorista é o de retratar fatos de maneira espirituosa e trazer sentimento de alegria. Tem amigos e colegas de trabalho judeus e nunca imaginou que pudesse ter causado esta situação. Conhece relativamente pouco de nossa história e, de maneira sincera e olhando em meus olhos, expressou seu mais verdadeiro pedido de desculpas", disse.

Em nota, Lottenberg disse que o humorista manifestou desejo de se aproximar da comunidade judaica e "quem sabe colaborar de maneira proativa em nossa vida e atividade social". De acordo com ele, a situação está encerrada, "no que é possível encerrar."

"Olhando para frente vamos construir algo melhor. Danilo me pareceu um bom rapaz e para mim, o assunto está equacionado". A Confederação Israelita do Brasil (Conib) é o órgão de representação da comunidade judaica brasileira, composta por cerca de 120 mil pessoas.