CPM 22 quase cancela show por problemas com bagagem

Gol diz que banda embarcou equipamentos com atraso

O show do CPM 22, em comemoração ao aniversário da cidade de Sanclerlândia,em Goiás, quase foi cancelado por conta de problemas no transporte do equipamento de som que seria usado na apresentação. Segundo a assessoria do grupo, a companhia aérea Gol não embarcou a aparelhagem no voo previsto.

A banda teria despachado o equipamento no voo 1131 do último sábado (30), com duas horas de antecedência, e devidamente etiquetado. Ainda de acordo com a assessoria do grupo, a companhia garantiu que os instrumentos chegariam até as 20h do mesmo dia. Para não comprometer o evento, que estava marcado para as 23h, a produção alugou instrumentos e material de áudio na última hora.

"As companhias aéreas têm obrigação de embarcar esse tipo de equipamento quando compramos os bilhetes em grupo, avisamos do peso, fazemos nossa parte para o despacho e estamos nos locomovendo para realização de evento", afirmou Alexandre Ramos, empresário do grupo.

A reserva inicial da banda foi feita para o voo que decolou de Manaus às 4h10, fez uma conexão em Brasília e chegou em Goiânia às 13h30.

Em nota, a Gol informou que os equipamentos da banda foram apresentados somente 20 minutos antes da decolagem da aeronave, às 3h50 de sábado (30), e a orientação é de que o embarque seja feito com três horas de antecedência.

A assessoria informou ainda que o grupo CPM 22 foi informado de que os equipamentos não chegariam no voo previsto por causa do atraso. A opção seria embarcar os instrumentos no voo seguinte, o que não foi concretizado, pois a decolagem teria atrasado 40 minutos. Segundo as informações, esse atraso foi motivado por fatores externos à companhia.

Também de acordo com a nota, os instrumentos foram despachados no voo G3 1875, que chegou em Goiânia às 23h30 de sábado. A carga só foi retirada na madrugada de domingo (1º).