Homem é encontrado morto em propriedade de Mel Gibson

REUTERS

LOS ANGELES - Autoridades investigam o aparente suicídio de um trabalhador da construção civil achado enforcado dentro de uma casa sendo construída numa propriedade do vencedor do Oscar Mel Gibson.

A vítima foi encontrada na quarta-feira de manhã pelo encarregado da obra, localizada na área de Agoura Hills, no noroeste de Los Angeles, de acordo com o delegado local Eddie Brown, que conduz as investigações.

Registros de impostos mostram que o pedaço de terra é de propriedade de Gibson, de 52 anos. E de acordo com o site de notícias de celebridades TMZ.com, o local fica cerca perto da Igreja Católica da Sagrada Família, fundada por Gibson, e palco do casamento da filha do ator em 2006.

Nenhuma das construções no local é habitada, e segundo o porta-voz da delegacia, Steve Whitmore, 'não há nenhuma indicação de que Mel Gibson sabe do incidente'.

Um porta-voz do diretor de 'Paixão de Cristo' disse que nem Gibson nem qualquer membro da família já residiu no endereço, mas não fez nenhum outro comentário.

Brown disse que a morte parece ser um caso de suicídio, mas a causa oficial será determinada pelo médico legista.

A vítima foi identificada como Michael John Van Dyke, de 48 anos, de Bonsall, Califórnia, que segundo o TMZ.com teria trabalhado como encarregado de construção em sets de filmagem de longas como 'Matrix Reloaded' e 'Doutor Dolittle'.