'Tropa de Elite' faz a melhor abertura nacional no Rio e São Paulo

Agência JB

RIO - Cerca de 180 mil pessoas foram assistir o filme "Tropa de Elite", de José Padilha, no Rio e São Paulo neste fim de semana. É a melhor abertura de filme nacional este ano, na média de espectadores por sala.

Pressionados pela pirataria (estima-se que cerca de 1 milhão de cópias ilegais foram vendidas) e pelo grande debate nos meios de comunicação, os realizadores e distribuidores decidiram antecipar a estréia do filme, do dia 12 para esta última sexta-feira, dia 5. O resultado nas bilheterias mostrou que a pirataria não chegou a atrapalhar. Muitas pessoas que assisitram a versão pirata afirmam que vão ao cinema rever o filme na tela grande, apesar de não haver diferenças significativas entre as versões final e a ilegal.

"Tropa de Elite" fez uma abertura 48% maior do que "A Grande Família" - que foi o filme brasileiro mais visto este ano -, 90% maior que "Cidade de Deus", que se assemelha muito com "Tropa..." - e 46% maior que "Dois filhos de Francisco", filme nacional de maior público nos últimos anos.

Nos demais estados brasileiros, "Tropa de Elite" obedece a data originalmente prevista para estréia, nesta próxima sexta-feira, dia 12.

Apesar do resultado nas bilheterias e de toda a polêmica, "Tropa de Elite" perdeu a indicação brasileira para o Oscar de Melhor Filme Estrangeiro para "O ano em que meus país saíram de férias", de Cao Hamburger.