Protetores de animais querem tirar show dos Stones de hipódromo

Agência EFE

BELGRADO - A organização sérvia de proteção dos animais Orka pediu que o show do grupo de rock Rolling Stones em julho, em Belgrado, não seja realizado num hipódromo, como está previsto, porque cerca de 300 cavalos se veriam expostos ao exagerado barulho e ao estresse.

- É nossa obrigação alertar que um show dos Rolling Stones, para os cavalos, representa uma séria ameaça. É um fato cientificamente comprovado que as maiores causas do estresse para eles são justamente o barulho e as vibrações - declarou o presidente da Orka, Elvir Burazerovic, à imprensa sérvia.

- Anunciaram que aos cavalos receberão sedativos, o que prova a falta de sentido de realizar o show no hipódromo - acrescentou.

Raka Maric, proprietário da empresa sérvia Music Star, organizadora do evento, descartou a possibilidade de mudar o local. Ele perguntou por que a Orka não protege os cavalos das chicotadas dos jóqueis.

O grupo de rock tocará pela primeira vez em Belgrado no dia 14 de julho. A previsão é de um público de 82 mil pessoas. Os ingressos, vendidos por preços de ¬ 35 a 300 (US$ 48 a 408), já estão quase esgotados.