Jornal do Brasil

Cultura

Cheios de charme

Com direito a trupe de dançarinos, time da pesada comanda baile, hoje, no Circo Voador

Jornal do Brasil JOÃO PEQUENO, joao.pequeno@jb.com.br

Em alto estilo musical e visual, o Circo Voador abriga esta noite a primeira edição de um verdadeiro baile charme, inspirado no espírito de pistas e ruas do Mourisco à Madureira, da década de 1970 até hoje.

No palco, Gabriel Moura e sua big band recebem um elenco de estrelas ligadas à música soul e disco brasileira. Na pista, os dançarinos do grupo Dança, Charme e Cia. coordenam os passos sincronizados e convidam o público a dançar junto.

Idealizador do projeto, ao lado da companhia de dança, Gabriel Moura montou o Baile Charme Show com um time de convidados que vai do veterano Gerson King Combo a Jorge Ailton – baixista da banda de Lulu Santos, em seu 3º disco solo –, passando por Fernanda Abreu e Paula Lima – talvez a principal voz soul brasileira desde a década passada. Finalista do “The Voice”, Priscila Tossan acabou sendo incluída aos 45 do 2º tempo.

“Ficamos uns seis meses bolando o formato e passamos um mês e meio ensaiando, entre nós e com convidados”, contou Moura, ontem, a caminho do último ensaio, com Priscila, a quem conheceu pessoalmente no programa “Palco 94 FM ao vivo”, que ele apresenta no rádio.

Produzido por Liminha e voltado para a temática charme, o terceiro álbum solo de Gabriel Moura, “Quem não se mexer vai dançar”, fornece parte do set list do baile-show, além de outras músicas compostas por ele, incluindo parcerias com Seu Jorge, como as estouradas “Felicidade” e “Mina do condomínio”.

O mestre de cerimônias também é autor de canções do repertório de convidados, como “Quero ver você no baile”, outra parceria dele com o ex-colega de Farofa Carioca, que Paula Lima gravou e vai cantar hoje, assim como “Fiu-fiu”, de Moura com Leandro Fab e Pretinho da Serrinha.

Já em “Tambor”, os parceiros são Jovi Joviniano e Fernanda Abreu. A cantora também vai levar o tributo “Baile da pesada” e a romântica “Você para mim”.

Com o recém-lançado “Arembi” (escrita aportuguesada para a pronúncia de “R’n’B” [“rhythm and blues”]), Jorge Ailton traz novidades ao palco, como “Isso que não tem nome”, enquanto Gerson King Combo retoma os standards “Mandamentos black” e “Funk soul brother”. Já Priscila vocaliza a clássica “Negro gato”, de Getúlio Côrtes, irmão de Gérson – quem os viu juntos no último dia 4, no Rival, sabe o peso que essa família imprime.

Na big band, o trombone de Aldivas foi adicionado ao trompete de Gesiel Nascimento e aos saxes de João Batista (barítono) e Zé Maria Silva (alto), nos metais, “para dar uma engordadinha no som”, brinca Moura, que ainda conta com os teclados de Nelson Freitas e Gê Fonseca e com a cozinha de Marcelo Wig (bateria), Affonso Velasquez (baixo) e Rico Faria (guitarra).

Eles ainda atacam com os gringos, de Stevie Wonder (“Superstition”) e Michael Jackson (“Rock with you”). Antes e depois, o som fica por conta dos DJs Fernandinho e F-Soul.

--------

SERVIÇO

BAILE CHARME SHOW

CIRCO VOADOR. R. dos Arcos, s/n - Lapa; Tel.: 2533-0354. Entrada: R$ 100 (inteira) e R$ 50 (meia, válida também doando 1 kg de alimento não perecível). Capacidade: 2.800 pessoas. www.circovoador.com.br.

 



Recomendadas para você