Jornal do Brasil

Cultura

Richard Bona traz novo show ao Rio

Jornal do Brasil

O cantor, compositor e exímio baixista Richard Bona chega ao Rio para uma série de quatro concertos, hoje e amanhã, no Blue Note. Ele apresentará clássicos de seu repertório e canções dos dois últimos e celebrados álbuns, “Bonafied (2013) e “Heritage” (2016). Nesta temporada carioca, o artista vai mostrar arranjos em que mistura ingredientes do jazz a elementos do pop, do funk, afrobeat e da Bossa Nova. Ele será acompanhado por Dennis Hernandez (trompete), Michael Lecoq (teclados). Archibald Ligonière (bateria) e Ciro Manna (guitarra).

Reverenciado pela crítica internacional e incensado pelo público europeu, o artista nascido no interior de Camarões, em 1967, e fortemente influenciado por Jaco Pastorius nos primeiros anos, foi indicado ao Grammy em 2007 pelo álbum “Tiki”, que, entre outros méritos, teve a participação especial do cantor John Legend.

Macaque in the trees
O baixista mostrará aos cariocas algumas das músicas que o consagraram no mundo (Foto: Divulgação)

Bona já havia recebido o Victoires du Jazz, na categoria de “melhor artista internacional”, em 2004. Nos anos seguintes, ganharia ainda o Prêmio Antônio Carlos Jobim no Festival International de Jazz de Montreal (2010) e o prestigiado Sacem Jazz Award (2012).

De Camarões para a França, não demorou muito. Sentindo a necessidade de ampliar seus horizontes e levar a sua música para o mundo, embarcou para a Europa. Foi viver em Paris, onde teve a oportunidade de se apresentar com Manu Dibango, Salif Keita e Didier Lockwood, entre outros grandes mestres.

Em 1999, Bona lançou o primeiro álbum, “Scenes from my life”, angariando elogios dos críticos. Acabou se mudando para Nova York, onde passou também a trabalhar como professor universitário, e a tocar ao lado de nomes coroados da música americana, como Chick Corea, Bobby McFerrin, George Benson, Quincy Jones e Branford Marsalis, porém sempre com a pegada africana em suas composições e interpretações.

Alguns anos depois, Bona foi convidado a integrar a banda do consagrado guitarrista Pat Metheny, gravando e participando de uma turnê de grande sucesso, “Speaking of now”, como cantor e instrumentista da banda, o que deu ao artista camaronês muita visibilidade no cenário internacional e lhe abriu muitas portas.

Trabalhando ininterruptamente, o artista foi ainda mais longe do que previa inicialmente. Além da agenda de shows pelo mundo, tornou-se transformou em empresário, à frente de dois clubs de jazz, em Paris e em Nova York. 

 

-----------

SERVIÇO

RICHARD BONA

Hoje e amanhã, às 20h e 22h30

Blue Note Rio

(Av. Borges de Medeiros, 1424 - Lagoa;

Tel.: 3799-2500)

Ingressos a R$ 150 e R$ 75

Classificação: 18 anos

 



Recomendadas para você