Streaming, Cinema

Por Tom Leão

https://apoia.se/personalinformertom

TOM LEÃO

‘Priscilla’: filme raso que faz de Elvis o vilão

Cotação: duas estrelas

Publicado em 12/01/2024 às 11:19

Se você espera ter algum vislumbre de como era a vida de princesa trancafiada de Priscilla Presley, a primeira (e única) esposa oficial de Elvis Presley, não terá quase nada, além de um breve vislumbre, em ‘Priscilla’, o novo filme de Sofia Coppola. Baseado em biografia da própria Priscilla (‘Elvis and Me’, de 1985), livro que provocou controvérsia na época de lançamento por mostrar a relação de Elvis com uma Priscilla ainda menor de idade (Elvis tinha 24 anos; e Priscilla, apenas 14). Por isso, ele esperou até ela estar maior de idade para se casarem e terem relações sexuais, segundo consta. E mostram no filme.

O jovem casal de atores que fazem Elvis e Priscilla salva o monótono filme Foto: reprodução

A diretora aproveitou o tema e os personagens apenas para desfilar a cartilha atual de Hollywood. Que é a de tornar todo homem branco um ser manipulador e tóxico (sem levar em conta que os tempos eram outros). Você não entende realmente quem era a Priscilla (feita, muito bem, pela novata Cailee Spaeny) em seus tempos com Elvis. Ao ler partes do roteiro, antes de falecer, em janeiro passado, a filha única do casal Elvis-Priscilla Presley, Lisa Marie Presley, ficou preocupada como seu pai estava sendo tratado (‘Meu pai só aparece como predador e manipulador. Como filha dele, eu não vejo nada do meu pai nesse personagem’, disse Lisa Marie em carta à diretora, no final do ano passado, tentando demove-la de fazer o filme ou, pelo menos, de mudar algumas partes do roteiro).

Mas não há nada que se possa fazer contra, já que a própria Priscilla autorizou tudo e é coprodutora executiva do filme, que é bem feito. Mas é lento e algo soporífero. A elogiar, além da atriz principal, o ator que faz Elvis, Jacob Elordi (da série de TV ‘Euphoria’), que é muito mais alto do que Elvis. Mas isso parece não importar à diretora, que, pela cena final, parece ter feito o filme apenas para dizer que Priscilla se tornou uma mulher livre e plena só quando se separou de Elvis. Menos.

Mas, entre erros e acertos, o recente ‘Elvis’, de Baz Luhrmann, é bem mais interessante que este (por mostrar os lados bons e ruins do astro, está no HBO Max). ‘Priscilla’ chegará em breve ao streaming MUBI, ainda sem data definida.

STREAMINGS+
*A partir de hoje, está disponível no AppleTV+ o novo filme de Martin Scorsese, ‘Assassinos da Lua das Flores’, com Leonardo DiCaprio, Robert DeNiro e a ganhadora do Globo de Ouro Lily Gladstone.

*O grupo WarnerDiscovery vai extinguir na América Latina, a partir de fevereiro, os canais Glitz*, i.Sat e Much Music. O Glitz* já está fora do Brasil faz tempo. O i.Sat está disponível em poucas operadoras. E o MuchMusic já tentou entrar no Brasil, mas isso nunca aconteceu.

*Em exibição no serviço de streaming gratuito ViX, “Por siempre RBD”, especial que conta com apresentações da turnê “Soy Rebelde Tour”, do grupo mexicano, com imagens inéditas dos bastidores.

Kate Winslet está à frente da minissérie 'O Regime', em março, no HBO Foto: reprodução

*Neste mês de janeiro, o canal Dreamworks exibe no Brasil episódios inéditos da série animada ‘Spirit: cavalgando livre’.

*’O Regime’ (sobre um regime autoritário que está prestes a se desfazer), é a nova minissérie Original da HBO. Estrelada por Kate Winslet e dirigida por Stephen Frears, estreia domingo, dia 3 de março, às 21h, na HBO e na HBO Max. Terá seis capítulos.


*O novo longa de Hayao Miyazaki (‘A viagem de Chihiro’), ‘O menino e a garça’ (‘The boy and the heron’), será lançado no Brasil em março. É produzido pelo Estúdio Ghibli, e foi indicado em duas categorias no Globo de Ouro, tendo ganhado como Melhor Longa em Animação.

*A quarta temporada da série animada de Mr. Bean foi confirmada e será exibida em 2025. Aqui, passa no canal Boomerang.

*Chegou no Paramount+ a nova série original, ‘Os Agentes da Transformação’. A série acompanha uma equipe de cineastas que viajam pelo mundo para registrar o trabalho de vários ativistas notáveis, e o impacto em suas respectivas comunidades.

_______

COTAÇÕES: ***** excelente / **** muito bom / *** bom / ** regular / * ruim / bola preta: péssimo.

Tags: