O filme do Alceu Valença que você não verá no cinema, nem no streaming. Só pagando para ver

...

Foto: JB
Credit...Foto: JB

O artista pernambucano Alceu Valença ganhou um filme, todo produzido durante a pandemia, que chegará aos espectadores pelo sistema de pay-per-view. ‘Sem pensar no amanhã’, de Marcos Credie, a princípio não estará disponível nem nos cinemas, nem na TV paga ou nos serviços de streaming, só em ppv. Desta forma, todo o valor arrecadado irá direto para o artista, sem intermediário. Ao comprar o acesso ao filme, o fã terá direito de assistir ao material por um mês, pagando diretamente na plataforma do projeto. O conteúdo não estará disponível em nenhum outro local, cortando a lógica comercial que hoje determina os rumos da indústria cultural em um formato sem intermediários na distribuição e sem dependência de algoritmos. A proposta é oferecer aos fãs o acesso à intimidade do artista, de uma forma nunca antes vista, para também funcionar como uma nova forma de remunerar a cadeia cultural, sistematicamente sucateada no Brasil

 

Macaque in the trees
Alceu Valença é tema de um filme que estará disponível apenas pelo sistema de pay-per-view, em julho (Foto: Yanê Valença/divulgação)



O filme de 45 minutos (que chega em pay-per-view no dia 15 de julho) mostra Alceu Valença durante a quarentena, período em que criou novas canções e revisitou a própria obra, resultando em quatro discos. Pela primeira vez, Alceu é visto de perto criando novas canções e tocando violão em casa, à vontade. A câmera que registra esses momentos inusitados é a do diretor, que teve acesso à intimidade do artista durante o período de quarentena. O resultado é um mergulho na fase produtiva do multicriativo artista e compositor.

Enquanto o mundo enfrentava a pandemia da covid-19, Alceu entrou em estúdio para dar vazão a tudo que escreveu, sozinho, em seu apartamento no Rio de Janeiro. Em um dos quatro álbuns, teve ao seu lado no estúdio o fiel companheiro Paulinho Rafael, seu guitarrista há anos (que viria a falecer meses após as gravações, de câncer). O filme também aproxima Alceu de seu público. Trata-se do primeiro lançamento do Pipoca, coletivo que desenvolve comunidades em torno de paixões do brasileiro, sem distribuidores intermediários ou dependência de algoritmos, com a renda gerada direto para o artista.

- Essa novidade é um marco para nós da Pipoca, para o Alceu e quem sabe para a indústria da música. Queremos formalizar as comunidades de fãs que já existem em torno de grandes artistas, criando essa conexão direta entre eles e seus fãs, sem depender de algoritmos como intermediários. E para esta comunidade queremos proporcionar acesso à intimidade do artista de uma forma nunca antes vista, a preços populares, para também funcionar como uma nova forma de remunerar a cadeia cultural, sistematicamente sucateada no Brasil --, comenta Rogério Oliveira, da Pipoca, idealizador do projeto que também assina a produção executiva do filme.

- É a primeira obra, seja musical ou visual, que envolve meu nome, minha música e que não sugeri nada, não participei de sua criação ou produção. Ele foi captado e desenvolvido pelos amigos da Pipoca durante um período muito introspectivo do lockdown um período muito íntimo que vivi perto de minha família e perto do meu violão. Assisti à pré-estreia do filme curioso com o que iria ver, curioso sobre como iria me sentir. Ao final me vi emocionado. Fiquei muito feliz com a sensibilidade, com o registro que talvez se torne histórico sobre esse período, sobre minha obra, sobre minha relação com meu irmão Paulo Rafael --, declarou um empolgado Alceu Valença.

O filme/curta traz depoimentos do filho Rafael Valença e da esposa do compositor, Yanê Valença, além do produtor Rafael Ramos (Deck) e do engenheiro de som Matheus Gomes. Cenas de Alceu discutindo arranjos e gravando as músicas no estúdio entregam aos fãs um material afetivo. E o incrível músico Paulinho Rafael, vítima de câncer aos 66 anos, em 2021, ganha no filme um último registro histórico de seu imenso talento.

“Sem Pensar no Amanhã” é o primeiro de um conjunto de lançamentos audiovisuais com o artista que estarão disponíveis para seus fãs, exclusivamente via pay-per-view. Toda idealização e produção dos especiais audiovisuais são da produtora Pipoca, que realiza projetos de live entertainment e digitais, sempre com relevância cultural. O filme estará disponível a partir de 15 de julho diretamente no site da Sympla, por R$12,00, e poderá ser visto por até um mês após a compra.

 

STREAMINGS+

Macaque in the trees
Uma nova versão da série inglesa 'Queer as folk' chegará ao Starzplay no dia 31 de julho, com novos episódios todos os domingos (Foto: Tom Hamilton/Starz)

 

Macaque in the trees
A banda de rock Titãs é a primeira atração brasileira na série 'Bios', produção do National Geographic com exibição pelo Star+, em julho (Foto: divulgação)

 

*A minissérie ‘Pistol’, baseada em livro do guitarrista do Sex Pistols, Steve Jones, finalmente estreia aqui dia 31 de agosto, no Star+

*O Prime Video trará o criador e parte do elenco de ‘The Boys’ a São Paulo para promover a final da terceira temporada, que vai ao ar no dia 8 de julho, no Prime Video. O evento será entre os dias 4 e 7 de julho.

*A Starzplay divulgou a data de estreia da nova versão de ‘Queer as Folk’. A série de oito episódios vai estrear no Brasil no domingo, 31 de julho, com dois novos episódios por semana. Antes, no dia 10, chegará a minissérie baseada em fatos reais ‘The girl from Plainville’ (com Ellen Fanning e Chloe Sevigny); e, finalmente, a aguardada segunda temporada de ‘P-Valley’ retorna neste domingo, dia 3 de julho.

*Uma versão filmada da produção teatral off-Broadway “Trevor: O Musical” está em cartaz no Disney+. O filme segue Trevor, um jovem de 13 anos que, enquanto lida com a adolescência no ano de 1981, nos Estados Unidos, luta para conhecer sua própria identidade e determinar como ele se encaixa em um mundo desafiador.

*O Star+ anunciou que o episódio de “Bios. Vidas que marcaram a sua”, dedicado à banda de rock Titãs, chegará à plataforma em 29 de julho. O especial faz parte da nova temporada da série documental produzida pela National Geographic Original Productions, que reconstrói a história das personalidades mais marcantes da cultura popular latino-americana. O próximo do rock br será Paralamas.
*Estreou esta semana, no Paramount+, ‘Dias Melhores’. A série espanhola mistura drama e comédia para relatar momentos difíceis que resultam da perda de um ente querido. Com estreia semanal, toda quinta-feira, a primeira temporada conta com 10 episódios.

*O Disney+ anunciou que seu novo longa original, ‘Zombies 3’, terceiro filme da série musical, estreia dia 15 de julho, na plataforma.

*A HBO Max completou um ano na América Latina e celebra a conquista da audiência local. A plataforma garantiu seu lugar com os espectadores registrando, só no Brasil, 20 milhões de downloads no aplicativo no Google Play, superando todos os concorrentes no período.

#hbomax #starzplay #disney+ #paramount+ #primevideo #star+

Redes Sociais: @tomleao



Tom Leão
Alceu Valença é tema de um filme que estará disponível apenas pelo sistema de pay-per-view, em julho
Uma nova versão da série inglesa 'Queer as folk' chegará ao Starzplay no dia 31 de julho, com novos episódios todos os domingos
A banda de rock Titãs é a primeira atração brasileira na série 'Bios', produção do National Geographic com exibição pelo Star+, em julho


Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais