Moda e Estilo

Por Iesa Rodrigues

[email protected]

IESA RODRIGUES

Em busca de um trilhão de dólares nas florestas

Publicado em 02/02/2024 às 11:50

Macacões de Luan Rodrigues para a Farm Foto: divulgação

Enquanto o site Business of Fashion prevê um gasto de US$ 1 trilhão (um trilhão de dólares) para descarbonizar a indústria têxtil internacional, as marcas seguem tentando caminhos mais naturais e que garantam pelo menos a sustentabilidade das pessoas.

Direto da floresta

Cocar Yawanawa e estampa em listras diferentes Foto: divulgação

A Farm, marca carioca com alcance internacional, aposta na moda responsável através do projeto Coração da Floresta. Serão quatro movimentos neste ano, começando por uma vitrine em parceria com mulheres Yawanawa, com quem a marca já trabalha há sete anos. São sete aldeias, onde 160 artesãs garantem segurança alimentar e financeira para suas famílias.

Muita sofisticação vinda das cores da floresta no trabalho de Luan Rodrigues para a Farm Foto: divulgação

Outra forma de lembrar a experiência amazônica é a parceria com Luan Rodrigues, artista paraense que trabalha elementos e cores da floresta, como os diversos tons de verde e o rosa das flores do jambu.

Tênis com parte biodegradável da Puma em parceria com a P.A.M. Foto: divulgação


Já a Puma se associou à P.A.M. (Perks and Mini), marca de streetwear independente. O Puma x P.A.M Clyde é a quarta colaboração do projeto PAM/PUMA Bio/verse. O modelo tem cabedal de camurça peluda, biqueira de borracha e cadarços azuis. A inspiração mistura o natural, com cores lembrando a Natureza e o mundo digital, graças à tecnologia do HyphaLiteHP, material biodegradável que compõe 20% do cabedal.

As imagens

A beleza dos povos originais com a moda urbana atual Foto: divulgação

Um rapper japonês calça o tênis Puma/P.A.M na Floresta de Musgo Foto: divulgação

A Farm apresenta as fotos com integrantes das aldeias Yawanawa, com direito a belos cocares e pinturas faciais. Já a Puma usa o conceito de “ser”, na campanha com o rapper japonês Tohji nas produções feitas em Tóquio e Koke no Mori (A Floresta de Musgo). Segundo a apresentação, cria-se um paralelo entre o físico, o metafísico e o microcósmico.

Tudo isto da Puma custa R$ 749,90, por enquanto chegando no shopping Morumbi (São Paulo)

***************

Não basta fazer bonito com as coleções e os modelos originais. A sustentabilidade faz parte da escolha de materiais pela Farm:

Euroflax: fibra de planta cuja cultura não requer irrigação e é livre de transgênicos.

Viscose Lezing Eco-vero: feita a partir de celulose de madeira de manejo florestal,com consumo de água e CO2 50% menor que a viscose convencional.

Gots: o Global Organic Textile Standard (GOTS) estabelece os requisitos reconhecidos mundialmente para têxteis orgânicos, que vão desde a colheita, a fabricação e até a rotulagem.

***************

Tags: