Smartphone Motorola FIRE usa tela touch para atrair jovens

O novo smartphone da Motorola pretende atrair jovens e amantes da tecnologia combinando duas tecnologias: a tela sensível ao toque e o teclado QWERTY. Além disso, a marca acredita que o Motorola FIRE vai conquistar o consumidor com seu preço "amigável" de 189 euros - sugerido para a Alemanha, onde o aparelho começa a ser vendido em setembro. Outra promessa para o equipamento é uma bateria de longa duração, que funcionaria por oito horas de conversa ou 30 dias em stand by.

A novidade com tela de 2.8 polegadas roda o sistema operacional Android e tem duas opções de acabamento externo, nas cores licor e ultrabranco. Além de ser "fashion", o Motorola FIRE deve atrair consumidores, de acordo com a fabricante, graças ao acesso facilitado a aplicativos de redes sociais e à possibilidade de alterar perfis de uso - como trabalho, com email em detasque, ou folga, com chats e redes em primeiro plano - a partir do sistema Moto Switch.

A lista de equipamentos do aparelho inclui câmera de 3MP, cartão de memória microSD de até 32 GB e sistema de GPS automatizado. O smartphone também tem Wi-Fi, notificações com luzes de LED, rádio FM e acesso ao Google Maps e ao Google Talk, entre outras características.