Instituto Vital Brasil disponibiliza tecnologia do papel filtro

O Instituto Vital Brazil conseguiu junto a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) registros que possibilitam fazer exames utilizando a tecnologia do papel filtro. A tecnologia permite que os valores da creatina, da hemoglobina e da glicose, sejam medidos através da análise de uma gota de sangue. Os exames são importantes aliados na prevenção da insuficiência renal, na triagem da anemia e na prevenção do diabetes. Juan Fidel, pesquisador do instituto, já pensa em disponibilizar o exame para a prevenção de outras doenças:

"Agora estamos batalhando para conseguir o registro para testes com colesterol e triglicerídeo”, disse. Ainda de acordo com o pesquisador, os exames serão oferecidos de forma gratuita pelo SUS.

 

Saiba sobre as doenças que podem ser prevenidas:

Insuficiência Renal: atinge cerca de 2 milhões de brasileiros. É uma doença silenciosa, sem sintomas e que não causam dor, o que dificulta o tratamento. As formas crônicas da doença causam degeneração progressiva do órgão e podem evoluir para a insuficiência renal. Com o exame da creatinina, o paciente pode descobrir precocemente a doença e tratar. O tratamento evita que a doença se torne crônica e danifique definitivamente os rins. Em casos mais graves, somente um transplante renal ou diálise podem salvá-lo. Segundo Juan Fidel Bencomo, coordenador do Biomarc (laboratório de biomarcadores do Vital Brazil), cerca de 80% dos óbitos em diabéticos é causado por insuficiência renal e a creatinina – usada na triagem dos grupos de risco – é o único marcador que pode fazer o diagnóstico precoce da doença.

Anemia: atinge quase metade da população brasileira até 5 anos de idade e cerca de 30% das mulheres em idade fértil. É causada pela diminuição dos níveis de hemoglobina na circulação sanguínea. Os principais sintomas são fadiga, fraqueza, dificuldade de concentração, tonturas, falta de ar, falta de apetite (principalmente em crianças), dentre outros. Existem diferentes tipos de anemias e diferentes causas (genética, nutricional, perda de sangue, etc). A mais grave pode resultar em leucemia.

Diabetes: Doença que atinge mais de 10 milhões de brasileiros, é um distúrbio metabólico que causa elevação da glicemia ou hiperglicemia. De forma mais popular, é o aumento das taxas de glicose ou açúcar no sangue. Os sinais clínicos mais comuns da doença são sede excessiva, urina freqüente e em grandes volumes, levantar-se várias vezes durante a noite, eventualmente muita fome (numa fase inicial) e em outras fases apresentar náuseas e/ ou vômitos e em crianças e adultos jovens o emagrecimento rápido que indica um diabetes onde há falta de insulina. Através do exame com o marcador de glicose, pode-se observar a taxa de açúcar no sangue e tentar controlá-la. A falta de controle pode causar as complicações crônicas como problemas cardiovasculares: derrames, infarto, trombose; problemas microvasculares: cegueira, insuficiência renal e distúrbio neurológicos.