Bill Clinton proíbe uso de redes sociais durante palestra

 

Representantes do ex-presidente norte-americano Bill Clinton proibiram que a sua palestra no Dreamforce seja postada no Facebook ou em qualquer outro tipo de de mídia social, informou o site ReadWriteWeb. A decisão foi informada em um comunicado da organização do evento, que acontece em dezembro nos Estados Unidos.

Segundo a nota, representantes do ex-presidente ordenaram que não seja feito nenhum relato na web durante a apresentação. "Compreendemos a inconveniência que isso pode representar, mas agradecemos o seu cumprimento", afirma o comunicado. Ainda não há informações sobre os motivos da proibição.

ReadWriteWeb afirma que a proibição contraria a mensagem sobre o poder das tecnologias sociais que a Salesforce.com, organizadora do Dreamforce, defende. A empresa, que lançou uma ferramenta de liveblogging na edição do ano passado, tem reforçado desde então o seu compromisso em adotar tecnologias sociais.

O site questiona ainda como a organização do evento fará para proibir o uso das redes sociais, já que, mesmo que a conexão sem fio seja cortada, os participantes podem continuar usando seus dispositivos móveis.

O evento deste ano também terá apresentações de Stevie Wonder e Neil Young.