Tuberculose: mortalidade caiu 35% desde 1990

Mesmo assim, 1,7 milhão de pessoas morreram no ano passado

BRASÍLIA - Relatório divulgado nesta quinta-feira pela Organização Mundial da Saúde (OMS) revela que a taxa de mortalidade da tuberculose caiu 35% em relação aos anos 90, mas que, ainda assim, 1,7 milhão de pessoas em todo o mundo morreram no ano passado depois de terem sido infectadas.

O levantamento aponta que, desde 1995, 41 milhões de pessoas foram curadas da doença e 6 milhões de vidas foram salvas. Do total de óbitos registrados apenas em 2009, 380 mil foram de mulheres, muitas delas jovens mães.

O sucesso no combate à tuberculose, segundo a OMS, é muito frágil. O órgão cobrou maior compromisso por parte dos governos e alertou que, dos 440 mil novos casos registrados em todo o mundo anualmente, menos de 5% dos pacientes recebe tratamento adequado.