Araras canindés invadem cidades do interior de São Paulo

Portal Terra

S O PAULO - Em razão das queimadas nas regiões próximas ao Mato Grosso do Sul, as araras canindés que habitavam o Cerrado estão migrando para as cidades. Exemplos disso são Andradina e Castilho, a cerca de 650 km de São Paulo, onde estas aves são comumente observadas no ambiente urbano. Tanto que ninhos podem ser vistos em palmeiras reais de Andradina.

Segundo Moisés Eustáquio, morador da cidade, é possível contemplar estas aves diariamente percorrendo palmeiras, coqueiros e outras árvores frutíferas em busca de alimentos. De acordo com a assessoria de imprensa da Prefeitura de Andradina, as araras já até se acostumaram com os humanos.

O chefe da Polícia Ambiental da região, sargento Gula, informou que nos 17 municípios pelo qual o batalhão é responsável nunca houve registro de aves que tivesse sido morta ou ferida.