Edward Lorenz, pai da teoria do caos, morre aos 90 anos

Agência EFE

WASHINGTON - Edward Lorenz, o cientista que criou "a teoria do caos' ao tentar explicar por que é tão difícil fazer previsões meteorológicas, morreu nesta quarta-feira de câncer, aos 90 anos, em sua casa de Cambridge, informou o Instituto Tecnológico de Massachusetts (MIT, na sigla em inglês).

Para sustentar sua teoria, Lorenz usava o exemplo da borboleta, cujo constante bater de asas poderia provocar tornados destruidortes em lugares distantes como o estado do Texas.

Ao desenvolver modelos matemáticos meteorológicos nos primeiros anos da década de 60, Lorenz disse que um sistema tão dinâmico como a atmosfera podia guardar enormes e desconhecidas conseqüências.