Expectativa de vida sobe para os 73 anos na China

Agência EFE

PEQUIM - A expectativa de vida na China, o país mais povoado do mundo, aumentou para os 73 anos em 2005, 1,6 ano a mais que a média em 2000, graças à melhora das condições de vida, segundo o último relatório do Ministério da Saúde.

O jornal 'Shanghai Daily' divulga hoje estes dados, nos quais aparece em destaque que a expectativa de vida na China, que hoje conta com mais de 1,3 bilhão de habitantes, era de apenas 36,5 anos em 1949, ano no qual o Partido Comunista da China (PCCh) chegou ao poder.

A mortalidade infantil caiu para 1,53% em 2007, contra 2,55% em 2003, indica o relatório ministerial que inclui dados do desenvolvimento do sistema de saúde do gigante asiático entre 2003 e 2007.

No final de 2007, a despesa médica do Governo chegou a US$ 144,27 bilhões, 4,82% do Produto Interno Bruto (PIB) chinês, embora a maioria dos chineses tenha de pagar por estes serviços.

O sistema de seguro médico do país cobria no final de dezembro 30 milhões de chineses nas zonas urbanas, depois que em julho fosse iniciado um programa piloto.

Este plano está destinado a cobrir as necessidades básicas de estudantes do ensino primário e médio, dos idosos e dos desempregados de 79 cidades.

Além disso, o sistema de seguro médico rural mediante cooperativas conseguiu cobrir 730 milhões de camponeses no final de setembro.