Nave russa inicia retorno à Terra com dois astronautas e um turista

Agência EFE

MOSCOU - A nave Soyuz TMA-9, com dois astronautas e um turista a bordo, partiu hoje da Estação Espacial Internacional (ISS) rumo à Terra.

- Às 16h30 em Moscou (9h30 em Brasília), o módulo de aterrissagem da Soyuz TMA-9 com os tripulantes aterrissará nos estepes da Ásia Central, 135 quilômetros ao norte da cidade de Dzheskaza', no Cazaquistão - informou Valeri Lyndin, porta-voz oficial do Centro de Controle de Vôos Espaciais, na cidade de Koroliov, perto de Moscou.

Além do quinto turista cósmico, o milionário americano de origem húngara Charles Simonyi, retornam da ISS o cosmonauta russo Mikhail Tyurin e o americano Michael López-Alegria, que passaram mais de seis meses em órbita como integrantes da 14ª tripulação (ISS-14).

Na área da aterrissagem, os astronautas serão recebidos por várias equipes de resgate que acompanharão a descida em aviões, helicópteros e veículos 4x4.

O retorno da Soyuz foi adiado em um dia devido a uma inundação na região de Arkalik, no norte do Cazaquistão, onde inicialmente deveria aterrissar, e o local teve que ser mudado para garantir a segurança dos cosmonautas e o acesso dos grupos de resgate.

Ficaram na estação espacial os membros da tripulação ISS-15, os russos Fiodor Yurchijin e Oleg Kotov, que chegaram à órbita com Simonyi a bordo da nave Soyuz TMA-10 em 9 de abril e substituíram Tyurin e López-Alegria.

Junto a eles, como terceira integrante da ISS-15, está a astronauta da Nasa Sunita Williams, que chegou ao laboratório orbital na nave Discovery em dezembro.