Hackers roubam senhas em ataques, incluindo as do Departamento de Defesa dos EUA

A empresa de segurança Palo Alto Networks disse ter detectado em conjunto com a NSA (Agência de Segurança Nacional, na sigla em inglês) atividades maliciosas de hackers nos EUA

Agênca Brasil EBC
Credit...Agênca Brasil EBC

Hackers invadiram ao menos nove organizações de setores sensíveis de todo o mundo, incluindo de entidades do Departamento de Defesa, escreve a emissora CNN.A CNN citou um relatório da empresa de segurança Palo Alto Networks, segundo a qual, hackers desconhecidos invadiram organizações em áreas da defesa, energia, saúde, tecnologia e educação, sem mencionar os nomes das firmas.

Segundo a CNN, a NSA (Agência de Segurança Nacional, na sigla em inglês) e a Agência de Segurança Cibernética e Infraestrutura (CISA, na sigla em inglês) dos EUA estavam vigiando os passos dos hackers, com a NSA ajudando a Palo Alto Networks a analisar a ameaça. No entanto, ambas se recusaram a comentar sobre a identidade dos cibercriminosos.

Ryan Olson, vice-presidente da Palo Alto Networks, disse que os hackers roubaram senhas com a intenção de manter acesso de longo prazo a essas redes, e que tais atividades representavam a "ponta da lança" de uma suposta grande campanha de espionagem.

Ataques cibernéticos têm se tornado comuns nos últimos anos, com frequentes vazamentos de dados pessoais de milhões de usuários de aplicativos e até de organizações estatais em diferentes países. No final de 2020 e início de 2021 a mídia norte-americana reportou uma onda de ataques a infraestruturas de várias empresas dos EUA. (com agência Sputnik Brasil)

Utilizamos cookies essenciais e tecnologias semelhantes de acordo com a nossa Política de Privacidade.
Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.
Saiba mais