Tesouros da antiga China são descobertos nas misteriosas ruínas de Sanxingdui

Autoridades de relíquias culturais da China revelaram nesta quinta novas descobertas feitas nas misteriosas ruínas de Sanxingdui, incluindo uma máscara de ouro, uma grande máscara de bronze e esculturas de marfim

Foto: AP/Chris Carlson
Credit...Foto: AP/Chris Carlson

Mais de 500 relíquias foram descobertas nos últimos meses no sítio das ruínas de Sanxingdui, mostrando todo o valor histórico, criatividade e engenho da antiga China, segundo o jornal Xinhua. 

 

Máscaras douradas, artefatos de jade e marfim, e utensílios de bronze. Novas descobertas nas ruínas de Sanxingdui novamente demonstram que a imaginação e a criatividade dos antigos chineses superaram as expectativas.

As descobertas ocorreram nas seis novas fossas de sacrifício das ruínas, revelando máscaras douradas, artefatos de jade e marfim, bem como objetos de bronze, que foram engenhosamente construídos em formas únicas.

"As novas descobertas novamente demonstram que a imaginação e a criatividade dos antigos chineses superaram todas as nossas expectativas", afirmou Tang Fei, diretor do Instituto Provincial de Pesquisa de Arqueologia e Relíquias Culturais de Sichuan.

Além disso, o diretor adicionou que a escavação de novos poços entrou em um momento crucial, e que outros artefatos devem ser desenterrados.

Acredita-se que as misteriosas ruínas, as quais cobrem uma área de 12 quilômetros quadrados e estão localizadas na cidade de Guanghan, a aproximadamente 60 quilômetros de Chengdu, são os restos do Reino de Shu, datado entre 3.000 e 4.500 anos atrás. (com agência Sputnik Brasil)