China pondera construir nave espacial de 1 km de comprimento

Projeto faz parte de pesquisa da Fundação Nacional das Ciências Naturais da China. A estrutura teria um tamanho dez vezes maior ao da Estação Espacial Internacional (EEI)

Foto: Reuters
Credit...Foto: Reuters

Um resumo da pesquisa publicado no site da fundação descreve a nave espacial enorme como um "equipamento aeroespacial estratégico importante para utilização futura dos recursos espaciais, exploração dos mistérios do Universo e uma vida em órbita durante um longo período de tempo". No entanto, ainda está sendo estudada a viabilidade do projeto.

A referida fundação, que é uma entidade de financiamento gerida pelo Ministério da Ciência e Tecnologia da China, pretende que os cientistas conduzam pesquisas de novos métodos de design leve que possa limitar a quantidade do material de construção que tem de ser colocado em órbita, bem como novas técnicas para montar com segurança essas enormes estruturas no espaço, escreve portal Scientific American.

De acordo com especialistas, a construção da nave poderia enfrentar uma série de problemas técnicos devido a seu enorme tamanho. Estima-se que a China poderia enviar milhares de componentes para serem montados em órbita, o que levaria muito mais tempo do que os 12 anos que foram necessários para construir a EEI.

Se este projeto for financiado, o estudo de viabilidade terá uma duração de cinco anos e um orçamento de 15 milhões de yuans (cerca de R$ 12 milhões).

O projeto pode parecer um filme de ficção científica, mas o ex-tecnólogo-chefe da NASA Mason Peck afirma que a ideia não era completamente bizarra, acrescentando que o desafio era mais de engenharia do que de ciência básica.

"Acho que é perfeitamente viável", disse Peck, que é atualmente professor de engenharia aeroespacial na Universidade Cornell.

De acordo com ele, o lançamento de objetos e materiais no espaço pode ser muito caro, portanto, o maior desafio são os custos. Para se ter uma ideia, a EEI tem apenas 110 metros de largura em seu ponto mais largo.

Segundo a NASA, construir uma estrutura dez vezes maior vai custar mais do que o orçamento espacial nacional mais generoso, uma vez que a construção da EEI foi de aproximadamente US$ 100 bilhões (R$ 518,9 bilhões). (com agência Sputnik Brasil)