Abedi, do Botafogo, pede liberação de pesquisas de células-tronco

JB Online

RIO - O meia Abedi, do Botafogo, fez nesta quinta-feira apelo para que liberem as pesquisas com as células-tronco. O jogador tem um filho (Róbson), de seis anos, que é paraplégico.

- Apelo para que liberem no Brasil as pesquisas com célula-tronco. Isso vai ajudar muito o meu filho para que possa fazer o que fazia. Vai também ser muito útil para outras pessoas - garante Abedi.