GM investe US$ 250 milhões em carro verde

A General Motors, montadora norte-americana, informou que abrirá um laboratório de pesquisa em Xangai e irá trabalhar com um parceiro chinês, SAIC Motor Corp, para desenvolver um carro movido por combustíveis alternativos, como o biocombustível.

O centro da GM - Ciência Avançada & Pesquisa - exigirá um investimento de US$ 250 milhões. A primeira fase da construção do campus Xangai estará completa no final do ano que vem e empregará 1.500 engenheiros e cientistas.

O presidente da SAIC, Chen Hong, informou que a produção dos veículos híbridos em parceria com a GM alcançará a marca de 10 mil unidades até 2010.

O plano é uma alternativa à expectativa de aumento brusco dos preço dos combustíveis na China, seguindo a tendência do preço bruto mundial.

A GM e a SAIC planejam, juntamente, doar US$ 5 milhões para pesquisa de energia limpa. A Universidade de Tsinghua, principal instituição de pesquisa localizada em Pequim, será a beneficiária.

A GM registrou crescimentos das vendas no mercado chinês de 17,2% para 753.686 unidades nos três primeiros trimestres do ano.