EUA é líder mundial de competitividade

Os Estados Unidos estão no topo do ranking do Índice de Competitividade Mundial 2007 (World Competitiveness Yearbook 2007). O estudo realizado anualmente pela International Institute for Management Development (IMD), em parceria com a Fundação Dom Cabral no Brasil, mostra que o país ocupa a liderança graças à capacidade de melhor gerir diversas competências de forma balanceada.

O destaque este ano foi a volta às primeiras posições do ranking de países europeus. Luxemburgo, que foi por muitos anos o segundo e terceiro país mais competitivo, nesse estudo volta agora a 4ª posição. O país se destacou principalmente nos fatores econômicos, associados ao crescimento do PIB (6,2%) e ao superávit do orçamento do governo (0,1% em 2007 contra um déficit de 0,27% em 2006). Holanda e Suécia foram outros dois países europeus que voltaram às primeiras posições fazendo companhia a Dinamarca. A Suíça se manteve entre os dez primeiros colocados nos últimos anos.

Na outra ponta, a África do Sul voltou a cair no ranking de competitividade. É o país com maior queda relativa, 12 posições. A classificação, que avalia 55 das economias mais industrializadas, é baseada em pesquisas com 323 indicadores quantitativos e qualitativos. Os dados são utilizados desde o fim dos anos 80 como ferramenta para demonstrar os países que têm melhor capacidade para prover um ambiente propício para investimentos.