CINEMA

Críticas - Filmes premiados que você não pode perder, e que estarão em cartaz nos cinemas do Brasil este mês

Por TOM LEÃO
nacovadoleao.blogspot.com.br

Publicado em 12/01/2024 às 11:47

Alterado em 12/01/2024 às 11:47

'Anatomia de uma queda', premiado em Cannes, estreia aqui no fim do mês Foto: reprodução

'THE HOLDOVERS/OS REJEITADOS', de Alexander Payne

Cotação: cinco estrelas

Um dos melhores filmes que vi recentemente. Se passa no começo dos anos 70 e parece que é realmente um filme daquela época, que estava perdido, e foi achado em algum cofre. Não fosse pela presença de Paul Giamatti, no melhor papel de sua vida (não à toa, acabou de ganhar um Globo de Ouro por ele): o de professor rabugento, que passa duas semanas isolado num colégio de garotos ricos, com um destes e a cozinheira (Da´Vine Joy Randolph, também premiada com Globo de Ouro). É uma história humana e comovente, que não usa nenhum truque barato ou cartilha atual. Parece um filme do Hal Ashby (‘Harold & Maude’). Maravilhoso! Em cartaz a partir de 11 de janeiro.

 

'MAY DECEMBER/SEGREDOS DE UM ESCÃNDALO', de Todd Haynes

Cotação: três estrelas

O principal atrativo aqui é o embate dramático entre Natalie Portman e Julianne Moore, ótimas. A primeira vive uma atriz que fará um filme sobre um escândalo que atingiu a vida da segunda (professora que teve caso com adolescente e foi presa por causa disso), e vai passar alguns dias com esta para entender a personagem e a história. Mas, tudo é mais sugerido do que mostrado, num filme ‘artístico’ que é levemente baseado em fatos reais. Em cartaz dia 18 de janeiro. Breve na Netflix.

 

'ANATOMIA DE UMA QUEDA/ANATOMIE D´UNE CHUTE', de Justine Triet

Cotação: quatro estrelas

Filme francês, ganhador da Palma de Ouro em Cannes, ano passado (e inscrito para o Oscar internacional). É um dos melhores filmes de tribunal dos últimos anos, para quem gosta do gênero ou não. Uma mulher (Sandra Hüller, ótima) é a principal suspeita da morte do marido, numa queda (acidental?) em casa isolada nas montanhas. A única testemunha é o filho deles, que é parcialmente cego. Ficamos até o fim na dúvida sobre a verdade dos fatos, por conta de roteiro muito bem escrito. E a conclusão é inteiramente nossa. Daqueles filmes que te deixam 'bolado'. Levou Globo de Ouro de filme internacional e roteiro. Estreia aqui dia 25 de janeiro.

_______

COTAÇÕES: ***** excelente / **** muito bom / *** bom / ** regular / * ruim / bola preta: péssimo.

Tags: